Tutores optam cada dia mais pelos animais não convencionais. Mas poucos sabem como devem tratá-los corretamente

Cada dia mais os tutores optam pelos animais de estimação não convencionais como companheiros do dia a dia. Criam pássaros das mais diversas espécies, coelhos, peixinhos, roedores e até cobras. Mas o que fazer quando nossos silvestres ou exóticos precisam de atendimento e cuidados? A melhor coisa é buscar um auxílio médico-veterinário especializado. Com um profissional dedicado exclusivamente aos animais não convencionais, a garantia de tratamento e diagnóstico precisos é muito maior.

E vale lembrar que, apesar de não necessitarem de vacinação, esses belos animais têm de visitar o veterinário ao menos uma vez ao ano. Levá-los a um profissional especializado ao menos uma vez por ano é vital para estarem sempre saudáveis e livres de doenças.

Não são poucos os tutores com animais de estimação não-convencionais. Mas nem todos sabem como descobrir quando estão necessitando de atendimento veterinário especializado pois costumam “disfarçar” bem quando estão com problemas. Um sinal: fora de seus habitats naturais, os animais silvestres e exóticos costumam esconder suas fraquezas, mas quando estiverem retraídos, evitando aparecer ou buscando um esconderijo, é porque algo não anda normal.

Entre os animais não convencionais, roedores são ótima opção para pet de estimação. Os hamsters são os mais conhecidos. Existem diferentes espécies, variando em tamanho e cores. Já as chinchilas, talvez, sejam as mais desconhecidas. São do tamanho de cobaias, mas pesam menos: as fêmeas, maiores que os machos, chegam a 800 gramas.

Existem, ainda, o Twister. É um rato doméstico extremamente divertido. Recomendado para crianças e famílias que desejam um pet divertido, mas que demanda pouco espaço. Outro campeão de popularidade, os porquinhos-da-Índia são companhia. Adoram conviver com amigos de sua espécie.

Além dos roedores, crianças adoram ter coelhinhos de estimação. Mas, se for um casal, a família pode crescer rapidamente. Além de evitar a procriação indesejada e descontrolada, a castração de coelhos e coelhas ainda traz muitos benefícios aos tutores. São animais muito prolíferos e se faz necessário um controle de natalidade. Além disso, seu animal de estimação macho estará mais tranquilo e protegido contra infecções ou doenças cancerígenas. Nas fêmeas, a castração evita piometras (infecções uterinas), neoplasias uterinas (câncer uterino) e neoplasias mamárias (câncer de mama).

No caso das aves, é muito importante prestar atenção constantemente à aparência. Se você perceber que seu pássaro está com leves pontinhos vermelhos nas plumas de suas asas, pode ser um sério problema. Normalmente, eles as doenças surgem quando a troca das plumagens não acontece como deveria e percebe-se a falta de plumas ou falhas em determinadas regiões. Por isso, uma boa observação é essencial para salvar a vida da sua ave.

O Smile4pets tem veterinário especializado em Animais Silvestres para o alívio de tutores que amam esses bichinhos diferenciados e têm dificuldade na hora de encontrar tratamento específico. Estamos com a Campanha de Animais Silvestres, dedicada aos amantes de um pet de estimação diferenciado, até o dia 24 de julho, oferecendo condições especiais para quem agendar uma visita ao nosso especialista.