Temperatura alta aumenta os problemas dermatológicos nos pets. Seja por estarem molhados ou pelos parasitas

Chegou o verão, e com ele o aumento significativo dos problemas de pele nos animais de estimação. Os dias mais quentes do ano fazem pulgas e carrapatos se alastrarem, e um simples passeio pode acabar deixando seu pet infestado com essas pragas que costumam trazer sérias doenças por causa das picadas. Alergias são muito comuns no começo do ano.

Um problema que aflige os cães com o aumento da temperatura, decorrente da picada dos carrapatos, e a Erliquiose, doença infectocontagiosa responsável por provocar graves sinais clínicos, causando febre, diarreia, sangue pelo nariz, apatia, falta de apetite, vômitos, respiração ofegante e mucosas pálidas.

A estação mais quente também pode ser complicada para a pele dos animais por causa de contato com águas contaminadas ou mesmo a umidade por banhos de mangueira ou piscina. Otite e dermatite são problemas comuns nos pets pelo simples fato de eles estarem com o corpo molhado.

Janeiro é época de muita chuva e o acúmulo de água pode ser perigoso para quem acha que o animal estará somente se “refrescando” do calor ao ficar molhado. Ele pode contrair doenças como a leptospirose ou infecções respiratórias e de pele. Pet molhado é sinônimo de moléstia desnecessária.

Ocasionada pelo xixi dos ratos, a leptospirose é uma das doenças mais perigosas e graves aos cães, pois se alastra facilmente nas chuvas por causa de enchentes ou do acúmulo de água. Precisamos prestar atenção onde nosso pet se “abriga” dos dilúvios. Animal contaminado corre o risco de transmitir a doença a seu tutor. Mantenha-o longe da chuva, de locais alagados, de poças e não se esqueça de manter sua comida protegida para evitar que ratos passem por ali. Servir a comida em horas específicas sem exposição da alimentação é uma boa saída.

Secar os pets sempre e rápido evitará problemas de pele e doenças respiratórias, como a pneumonia, pois sua imunidade tende a baixar. Infecções bacterianas secundárias também podem surgir caso fiquem molhados. As piodermites são os principais males que acabam levando os pets aos veterinários. Existe, ainda, a malassezia, uma micose superficial.

Vacinação em dia, pelo tosado e o auxílio de um especialista em dermatologia são vitais neste época para que seus animais de estimação não sofram com as doenças de pele.

O Centro de Especialidades Smile4pets está com a Campanha Dermatológica, com pacote especial dedicado ao tratamento às doenças de pele de seu animal de estimação. Busque prevenção caso note seu bichinho com coceiras ou se lambendo acima do normal. Agende uma consulta em nossa campanha e garanta a qualidade de vida de seu pet.