Neoplasias benignas da cavidade oral de cães e gatos

As neoplasias benignas que acometem a cavidade oral de cães e gatos são relativamente freqüentes nos cães, mas podem eventualmente acometer os gatos. Podem ser observadas na simples forma de uma hiperplasia gengival localizada, generalizada ou ainda na forma de grandes massas tumorais, semelhantes a neoplasias malignas, que acabam confundindo o clínico veterinário na hora de fechar o diagnóstico. Apenas o exame histopatológico é capaz de confirmar a origem celular das neoplasias mas, realizando-se um bom exame clínico, com exames complementares adequados, é possível se estabelecer qual a melhor conduta terapêutica a ser tomada. O tratamento deve então ser individualizado caso a caso, removendo-se a massa tumoral de maneira mais ou menos radical, dependendo do tipo neoplásico em questão.

 

Baixar artigo em PDF


Deixe uma resposta