IMPORTÂNCIA DA ANESTESIA GERAL NA ODONTOLOGIA VETERINÁRIA

POR QUE É NECESSÁRIA A ANESTESIA GERAL EM TRATAMENTOS PERIODONTAIS?

Para que possamos realizar um tratamento odontológico de qualidade em animais, é importantíssima a realização da anestesia geral. Isto porque, o tratamento periodontal, quando bem feito, requer raspagem vigorosa da coroa dentária, incluindo a região subgengival (abaixo da gengiva) e de raízes dentárias contaminadas para a completa remoção do cálculo (tártaro) dentário.

Sem a anestesia geral e analgesia apropriada, as raspagens mais profundas (regiões amplamente inervadas), não podem ser realizadas por causar dor,  sendo tratadas de forma incompleta.

Radiografias intra-orais também são fundamentais para o diagnóstico de diversas lesões ósseas como, por exemplo, a reabsorção alveolar, consequência comum das infecções dentárias em cães e gatos. Como o Rx é colocado dentro da boca, sem anestesia fica impossível realizar este exame.

Além disso, gatos podem sofrer com  lesões de reabsorção dentária, potencialmente dolorosas e muitas vezes só diagnosticadas através do Rx.

Comumente é necessário também realizar extrações de dentes sem possibilidade de tratamento ou cirurgia periodontal para restabelecer a saúde oral, também impossível sem anestesia e analgesia.

Por isso, ressaltamos que “a anestesia geral oferece tranquilidade para o paciente, ausência de dor, permite a realização do tratamento de forma completa e traz segurança para o profissional.

A ANESTESIA GERAL INALATÓRIA, com isofluorano, oferece grande segurança aos pacientes, diminuindo significativamente as chances de qualquer complicação. Em nosso centro cirúrgico, contamos com equipamentos anestésicos e monitores modernos, além de uma equipe de profissionais altamente especializados.

COMO É FEITA A ANESTESIA GERAL INALATÓRIA?

  • Primeiramente, o paciente é examinado pela equipe médica para avaliação do seu estado clínico geral: hidratação, frequência cardíaca, respiratória e aspectos gerais.
  • Após este primeiro exame físico, exames laboratoriais realizados previamente também são avaliados para nos certificarmos de que o paciente está apto a ser anestesiado.
  • Com todos os exames aprovados, o paciente recebe um tranquilizante pela via Intramuscular e, após 10 a 15 minutos, recebe um anestésico de ultra curta duração pela via intravenosa, para que seja possível realizar a intubação orotraqueal e manutenção do plano anestésico pela via respiratória.
  • Ao término do tratamento, desliga-se o vaporizador de medicamento e o paciente passa a respirar somente o oxigênio, voltando ao estado consciente em poucos minutos, pois elimina o anestésico rapidamente pela expiração.
  • Em geral, os pacientes se recuperam rapidamente, vão para casa em poucas horas, acordado, caminhando sozinhos e fora de perigo.

m_clinica_15        centro cirurgico

Nossa clínica está devidamente equipada com aparelho de anestesia inalatória e monitorização completa para uma anestesia sem riscos aos nossos pacientes.

QUAIS EXAMES PRÉ-ANESTÉSICOS SÃO NECESSÁRIOS REALIZAR?

Dependendo da idade, histórico (anamnese) e avaliação física do paciente pelo Médico Veterinário, podem ser solicitados os exames pré-anestésicos listados a seguir:

  • Hemograma completo
  • Avaliação da função hepática
  • Avaliação da função renal
  • Eletrocardiograma
  • Ecocardiograma

 

Diversas doenças da cavidade oral afetam animais em idade moderada à avançada.
O medo da anestesia geral muitas vezes retarda o tratamento de doenças que se agravam com o passar do tempo. 


Não deixe que isso aconteça com seu melhor amigo!  Nossa equipe está totalmente preparada para atender à qualquer necessidade especial de seu pet! 

 

Converse com nossos especialistas e esclareça sua dúvidas!